Home Medicina Quântica Osteopatia Outras Terapias Clínica
Homeopatia Pediátrica A Homeopatia Pediátrica tem vindo a ser uma opção terapêutica muito segura e eficaz. Para as crianças sendo a homeopatia uma ciência cuja prática visa estimular o próprio poder de auto-cura do organismo, resultando este processo num equelibrio rápido, sustentádo e isento de efeitos secundários , este torna-se uma àrea terapêutica de eleição no que respeita à pediatria. A homeopatia não suprime os sintomas à semelhança do tratamento clássico pelos fármacos mas sim irá estimular a capacidadae de auto-cura do organismo. Os bebés e as crianças pela idade que têm, não foram expostos por muito tempo a ambientes agressivos para ao organismo, nem sujeitos a grandes doses medicamentosas sintéticos. Este facto faz com que a sua "energia vital" esteja preservado, havendo uma maior capacidade de reacção aos estimulos da medicação  homeopática. A aplicação do tratamento homeopático em crianças resulta num rápido alivio dos sintomas, não constitui efeitos secundários indesejáveis, nem produz toxicidade no seu organismo e por este motivo, os remédios homeopáticos  podem ser administrados repetidamente com intervalos de alguns minutos, em situações agudas. Os remédios homeopaticos podem ser administrados em estados gripais (febre, tosse, arrepios, prostações), congestão nasal (obstrução nasal, dores de cabeça, perda de apetite...), sistema imunitário como o nome indica é um sistema seguro e fundamental para garantir as nossas defesas. Se algo estiver errado, aparecem logo os sinais de alerta (febre sem explicaçao, suores nocturnos, alergias sem explicaçao, aftas, gripes constantes infecções respiratórios) reveladores de uma baixa imunidade. Cólicas infantis (os bebés sofrem de cólicas, admite-se que tenha a ver com as alterações ligadas a imaturidade do trato gastrointestinal na fase de desenvolvimento, com a demasiada produção de gases seja ela devida a uma hipersensibilidade ou a uma insufeciencia enzimática, indicado para os sintomas que acompanham a dentição (dor no ouvido, gengivas inflamadas e sensiveis a choro constante, assadura de fraldas irritabilidade geral, pequeno aumento de temperatura corporal, padrões de sono e alimentação alteradas).